Publicado por: Mauro de Bias | 23 de abril de 2009

As Pessoas São Estranhas

É estranho como as pessoas se comportam. A formação de grupinhos e panelinhas é algo que sempre existiu não só nas salas de aula, mas também na sociedade como um todo. É algo absolutamente natural, afinal, pessoas que pensam e se comportam de maneira semelhante acabam se identificando e fazendo atividades juntas. Até aí nada demais.

O grupo que entrou na ECO em 2008.1 (no qual me incluo e do qual provém a maioria dos meus leitores, imagino) apenas repetiu esse “fenômeno social”, chamemos assim. Porém, nos nossos primeiros meses vivemos uma situação completamente diferente dessa. No começo tudo eram flores, todos se amavam e as pessoas iam juntas à Praia Vermelha depois da aula pra ficar tocando violão até tarde.

Não sei até que ponto essa união inicial, de certa forma até prolongada, é comum na ECO ou na vida universitária, mas eu nunca vivi uma situação parecida. Nem na FAU, nem no curso técnico, nem no pré-vestibular, nem em lugar nenhum. E nem lembro de ter visto acontecer isso com os calouros de 2008.2 ou 2009.1. O fato é que durante os primeiros meses tudo levava a crer que teríamos 100 pessoas bastante unidas, porque a EC1 e a EC2 estavam sempre fazendo coisas juntas, até as ECOlimpíadas.

Acontece que com o tempo os grupinhos se formaram e aí a coisa se desenvolveu como em qualquer sala de aula. Não dá pra dizer que hoje se vive um clima de guerra na ECO, mas observando alguns grupos percebe-se claramente uma má vontade de uns com relação a outros, chegando ao extremo de ter gente que nem se cumprimenta, sem jamais terem brigado. Outro comportamento estranho também é o de pessoas que começaram 2008.1 com simpatia, alegria e sociabilidade e hoje simplesmente não são mais o que se mostravam no começo. Coincidência ou não, essas pessoas se afastaram até mesmo daqueles que pareciam ser seus grupos.

As pessoas são estranhas.

Anúncios

Responses

  1. 2008.2 também é assim. Engraçado na turma EC5, você percebe claramente pelo menos 2 grupos distintos, os ex-EC1 e os ex-EC2. E, com raríssimas exceções as pessoas dos dois grupos mal se falam.
    Cansei de tentar cumprimentar algumas pessoas ex-EC2 e tomar um vácuo como resposta.
    Aí liguei o foda-se!

  2. Queremos atualização, Mauro!


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Categorias

%d blogueiros gostam disto: